UTAD: eficiência energética no campus cada vez mais eco sustentável

https://casaeficiente.com/wp-content/uploads/2017/08/UTAD08.jpg

A UTAD pretende reduzir em 820 toneladas CO2eq/ano as emissões de Gases de Efeito de Estufa, e ainda conseguir uma redução anual do consumo de energia primárias em cerca de 1.200 mil kWh/ano.

Para isso, vai apostar na melhoria da eficiência energética no seu campus, através de intervenção na área das coberturas, com substituição de fibrocimento, d produção de energia elétrica, recorrendo à energia fotovoltaica, da substituição de caldeiras a gás natural por caldeiras a biomassa, da climatização dos edifícios e da substituição dos sistemas de iluminação convencionais por lâmpadas de tecnologias LED.

Além das medidas referidas, estão também previstas outras ao nível da instalação de sensores de movimento, associados aos sistemas de iluminação, e a instalação de janelas eficientes, medidas que irão contribuir, segundo os responsáveis, para a poupança das despesas correntes, nomeadamente a diminuição dos gastos em energia.

Estas medidas vão ser aplicadas no âmbito de oito candidaturas da UTAD já aprovadas pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), abrangendo um montante de 2,5 milhões de euros.

O objetivo é ser «um campus inteligente, no sentido de cada vez mais ter uma universidade eco sustentável, mais amiga do ambiente, aumentando a qualidade dos espaços oferecidos aos estudantes, trabalhadores e visitantes», segundo o Reitor da UTAD, Fontainhas Fernandes.

 Mais informações

 

 

Contacte-nos!

Para informações adicionais sobre a nossa empresa ou os nossos serviços, entre em contacto connosco.