Eficiência Energética Reabilitação

Tintas térmicas que ajudam a manter a casa fresca – Diário Imobiliário

Agora que o calor aperta e os raios solares se mostram implacáveis é que pensamos como gostaríamos de ter uma casa mais fresca… Na generalidade dos casos, corre-se a optar por soluções de recurso, dispendiosas e absurdas em termos de eficiência energética. As ventoinhas, os ventiladores, os ares condicionados que refrescam uma divisão mas deixam tórrido o resto da casa.

Claro que uma casa fresca depende dos métodos de construção e dos materiais utilizados, de janelas e portas de qualidade que a protejam do calor e também do frio. O investimento inicial poderá ser mais elevado, mas a poupança gerada em termos de eficiência energética compensa largamente a prazo.

Mas há muita gente que desconhece que existem também ‘tintas térmicas’ que ajudam a preservar os edifícios da torreira do Sol.

A agência espacial norte-americana, NASA, foi a primeira responsável por desenvolver tecnologias que procuravam solucionar o excesso de calor em estruturas. Assim nasceram as tintas reflexivas que podem chegar a refletir 99% dos raios solares. Dependendo do fabricante a composição da tinta pode diferir, mas possui microesferas de cerâmica ou vidro ocas que diminuem a temperatura interna da casa, e com ajuda de uma ventilação mínima são capazes de reduzir em 35% o consumo de energia eléctrica.

post-tintas2

A sua aplicação é recomendada em áreas externas expostas à radiação solar com a finalidade de reduzir a temperatura do ambiente, mas também há gamas para aplicação no interior.

Mais informações

Leave a Comment